Brasil: Renata Bueno a candidata do dois mundos

 

No mês de agosto, Rio de Janeiro hospedará as Olimpíadas. Mas o Brasil viverá este evento com um espinho no coração das instituições: o impeachment da Presidente Dilma Rousseff e condução provisória do Estado pelo vice-Presidente Michel Temer.

Entre tramas, subornos e golpe, verdadeiros ou supostos, a República Federal do Brasil está atravessando um dos mais conturbados e complicados períodos dos 94 anos de independência.

A exigência de todos é que na política e nas instituições no Brasil ocorra uma clara e significativa mudança. O ideal seria pular uma geração e candidatar à Presidência da República novos rostos que contem com prévia experiência nas eleições municipais.

Em primeira fila, entre as soluções esboçadas, mas com todas as credenciais exigidas, figura a parlamentar ítalo-brasileira Renata Bueno, eleita na Câmara dos Deputados italiana pela circunscrição do exterior América do Sul.

Definida como a política dos dois mundos, a deputada Renata Bueno possui ambas as cidadanias, italiana e brasileira. Nascida em 1979 em Brasília de pais com descendência veneta e toscana (o avô Alberto era de Nervesa della Battaglia, o bisavô Andrea Baisi de Lucca) é filha de Rubens Bueno, deputado líder na Câmara dos Deputados do Brasil pelo Partido Popular Socialista.

Como evidenciado, sem nenhuma negação (o ato de desmentir) posterior, pelo web magazine femminile PinkItalia.it, no convulsivo quadro político brasileiro, a candidatura de Renata Bueno, representaria a roptura definitiva com o passado e um notável passo para frente.

Notícia orginal http://www.zerozeronews.it/brasile-renata-bueno-la-candidata-dei-due-mondi/

Categoria:
 

Your browser is out of date. It has security vulnerabilities and may not display all features on this site and other sites.

Please update your browser using one of modern browsers (Google Chrome, Opera, Firefox, IE 10).

X